O Cievs PE faz interface nas ações de resposta a um Evento de Saúde Pública prestando apoio técnico, quando superada as capacidades das unidades técnicas gestoras, nos aspectos de epidemiologia, vigilância e saúde pública.

Essencialmente são atribuições intrínsecas ao Cievs no componente 'resposta':

  • Atuar como unidade operacional de recebimento e divulgação da informação aos atores determinados, sendo elo de integração entre os departamentos e coordenações gerais da SEVS;

  • Monitoramento do evento no Comitê de Monitoramento de Evento – Inclui eventos e vigilância internacional;

  • Monitoramento do evento nos módulos específicos da Plataforma Cievs (Freedcamp);

  • Monitoramento de Eventos de Massa (ocasiões, planejadas ou não, de caráter esportivo, religioso ou cultural, que incrementam de forma substancial o número de pessoas no território de acontecimento)

  • Participante da discussão dos critérios de ativação do COES;

  • Instalação e manutenção do funcionamento da estrutura física e equipamentos.

EVENTO DE MASSA

Carnaval 2018

(Monitoramento Galo da Madrugada e Vigilância Baseada em Eventos- VBE)

Ações Desenvolvidas:

  • Preveção e mitigação de riscos para a saúde pública;

  • Fortalecimento e estruturação tecnológica para notificações em tempo real para Regionais de Saúde, Vigilãncia Epidemiológica Hospitalar, Laboratório Central de Saúde Pública e Serviço de Verificação de Óbito;  

  • Integração do sistema de vigilância em saúde para resposta ao Evento de Massa;

  • Reforço da capacidade de vigilância epidemiológica;

  • Aplicação de ferramentas de inteligência epidemiológica, entre elas o Ambiente de Monitoramento de Risco (Amber);

  • Desenvolvimento da capacidade de recursos humanos em saúde para resposta ao ESP.

ENCHENTES

Enchentes na III e IV Regiões de Saúde 2017

Ações Desenvolvidas:

  • Apoio no diagnóstico situacional e monitoramento dos municípios atingidos;

  • Apoio as ações de vigilância em saúde em abrigos de municípios atingidos;

  • Produção e divulgação de informações estratégicas.

EVENTO DE MASSA

Carnaval 2017

(Monitoramento Galo da Madrugada e Vigilância Baseada em Eventos- VBE)

Ações Desenvolvidas:

  • Preveção e mitigação de riscos para a saúde pública;

  • Fortalecimento e estruturação tecnológica para notificações em tempo real para Regionais de Saúde, Vigilãncia Epidemiológica Hospitalar, Laboratório Central de Saúde Pública e Serviço de Verificação de Óbito;  

  • Integração do sistema de vigilância em saúde para resposta ao Evento de Massa;

  • Reforço da capacidade de vigilância epidemiológica;

  • Aplicação de ferramentas de inteligência epidemiológica, entre elas o Ambiente de Monitoramento de Risco (Amber);

  • Desenvolvimento da capacidade de recursos humanos em saúde para resposta ao ESP.

EVENTO DE MASSA

Galo da Madrugada - Carnaval 2016

Sala de Situação para Monitoramento da Saúde

 

Ações Desenvolvidas:

  • Preveção e mitigação de riscos para a saúde pública;

  • Fortalecimento e estruturação tecnológica para notificações em tempo real para Regionais de Saúde, Vigilãncia Epidemiológica Hospitalar, Laboratório Central de Saúde Pública e Serviço de Verificação de Óbito;  

  • Integração do sistema de vigilância em saúde para resposta ao Evento de Massa;

  • Reforço da capacidade de vigilância epidemiológica;

  • Aplicação de ferramentas de inteligência epidemiológica, entre elas o Ambiente de Monitoramento de Risco (Amber);

  • Desenvolvimento da capacidade de recursos humanos em saúde para resposta ao ESP.

EVENTO DE MASSA

Galo da Madrugada- Carnaval 2015

Sala de Situação para Monitoramento da Saúde

 

O CIEVS atuou em regime de plantão presencial durante todo o período carnavalesco, com o objetivo de fomentar a captação, iniciando o processo de resposta aos eventos de saúde, articulando com o Lacen e SVO a coleta de exames laboratoriais e coordenando os plantões nas Geres.

 

Ações Desenvolvidas:

  • Preveção e mitigação de riscos para a saúde pública;

  • Fortalecimento e estruturação tecnológica para notificações em tempo real para Regionais de Saúde, Vigilãncia Epidemiológica Hospitalar, Laboratório Central de Saúde Pública e Serviço de Verificação de Óbito;  

  • Elaboração de cenários epidemiológicos (vigilância internacional);

  • Integração do sistema de vigilância em saúde para resposta ao Evento de Massa;

  • Reforço da capacidade de vigilância epidemiológica;

  • Aplicação de ferramentas de inteligência epidemiológica, entre elas o Ambiente de Monitoramento de Risco (Amber);

  • Desenvolvimento da capacidade de recursos humanos em saúde para resposta ao ESP.

EVENTO DE MASSA

CIOCS Copa do Mundo 2014

Centro de Operações Conjuntas da Saúde

 

Durante a Copa do Mundo Fifa 2014 a possibilidade de crises agudas de saúde pública impôs o desafio da preparação aos nossos serviços. Diversas necessidades advindas desse Evento de Massa se relacionou com os seguintes aspectos: (1) aumento do contingente populacional; (2) alterações no perfil epidemiológico das doenças relacionadas à presença de viajantes e; (3) pela visibilidade do evento na mídia. 

 

Ações Desenvolvidas:

  • Preveção e mitigação de riscos para a saúde pública;

  • Integração do sistema de vigilância em saúde para resposta ao Evento de Massa;

  • Estruturação de uma Unidade de Apoio Avançada com: salas com classificação de risco a atendimento; Centro Integrado de Informações Conjuntas da Saúde (CIOCS); sala de apoio para a equipe de saúde da Polícia Rodoviária Federal e; base avançada para o Corpo de Bombeiros. 

  • Promoção da resiliência individual e comunitária;

  • Reforço da capacidade de vigilância epidemiológica;

  • Aplicação de ferramentas de inteligência epidemiológica, entre elas o Ambiente de Monitoramento de Risco (Amber);

  • Simulado para profissionais estratégicos sobre riscos Químicos, Biológico, Radiológicos e Nucleares (QBRN);

  • Desenvolvimento da capacidade de recursos humanos em saúde para resposta ao ESP.

 

  • facebook
  • Twitter Clean